Em rede

“Como posso começar a reduzir o consumo de plástico?” – é uma pergunta que ouço com alguma frequência.

Basta olharmos para o nosso próprio lixo para vermos a quantidade de plástico que consumimos. Ignoramos e pensamos “tudo isto vai ser reciclado” mas, infelizmente, não é bem assim. Ao fazemos uma pequena pesquisa vemos que o plástico descartável está a ter um impacto enorme no nosso planeta: os nossos oceanos estão a tornar-se oceanos de plástico, baleias e outros animais são encontrados mortos e com o estômago cheio deste material descartável – é que eles, infelizmente, não conseguem distinguir o que é comida do que é plástico! 

Estima-se que, em 2050, vá existir mais plástico do que peixes nos nossos oceanos e também já foram encontrados vestígios de microplástico no corpo humano. Se isto não é assustador, então não sei o que dizer. Está na hora de percebermos que não existe planeta B.

Felizmente, nós, os consumidores, temos poder. A indústria produz plástico porque ele tem procura; logo, se existir pouca procura de plástico, também vai existir uma menor criação. 

Não é necessário gastarem rios de dinheiro para reduzirem o consumo de plástico, podem muito bem fazer uma seleção das coisas que têm em casa (como frascos de vidro que antes trouxeram algum alimento, ou mesmo sacos de pano que servem para guardar sapatos) e reaproveitá-las.

A comida é um ótimo exemplo para se começar a reduzir a utilização de plástico. Vamos voltar aos tempos mais antigos onde se utilizavam sacos de pano ou frascos de vidro. Vivemos numa era onde a informação é tão acessível que não faz sentido continuarmos a fingir que nada se passa.

Há uns tempos vi um casal a fazer as suas compras e todos os vegetais e frutas estavam dentro de duplos sacos de plástico! Por que razão é que uma banana tem de estar dentro de um saco? É um dever nosso cuidarmos do nosso planeta e de quem nele habita e, para isso, temos de mudar os nossos hábitos de consumo. 

Fiz muitas mudanças na minha vida relativamente a este assunto: passei a utilizar escovas de dentes de bambu, troquei os tampões pelo copo menstrual, reutilizo frascos de vidro usados para colocar alimentos, deixei as palhinhas de lado, tenho garrafas de vidro/inox em vez das de garrafas de plástico, sacos de pano para ir às compras. Não é necessário gastarem rios de dinheiro para reduzirem o consumo de plástico, podem muito bem fazer uma seleção das coisas que têm em casa (como frascos de vidro que antes trouxeram algum alimento, ou mesmo sacos de pano que servem para guardar sapatos) e reaproveitá-las.

O importante é passarmos a ter mais consciência daquilo que compramos e percebermos de uma vez por todas que o nosso planeta não é um aterro. Se queremos ficar aqui por muitos e bons anos, temos de começar a cuidar da nossa casa – o planeta Terra.

Instagram: @thejuicyedition
E-mail: info@juicyedition.com

Deixe um comentário