Notícias

Açúcar e sal vão ser reduzidos em mais de 2 mil produtos

A Direção-Geral de Saúde (DGS) vai assinar hoje um acordo com sete associações da indústria alimentar e distribuição para reduzir as quantidades de sal, açúcar e gorduras trans em mais de 2000 alimentos. Os produtos vão desde cereais a iogurtes, sopas prontas a comer, pão e batatas fritas.

A maioria dos produtos verá o açúcar reduzido em 10% até 2022, com a mesma percentagem de redução no sal em relação a cereais e pizzas. As batatas fritas terão uma redução de sal até 12%. Os dados foram adiantados por Maria João Gregório, diretora do Programa Nacional para a Alimentação Saudável da DGS, ao jornal Público.

Nos acordos assinados estão a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), a Federação das Indústrias Portuguesas Agroalimentares (FIPA), a Associação Nacional dos Industriais de Gelados Alimentares, Óleos, Margarinas e Derivados (ANIGOM), a Associação Nacional Comerciantes Industriais Produtos Alimentares (ANCIPA), a Associação Nacional dos Industriais de Laticínios (ANIL), a Associação Portuguesa de Produtores de Flocos de Cereais (AFLOC) e a Associação Portuguesa de Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas (PROBEB).

Em Portugal estima-se que cerca de 30% das crianças em idade escolar tem excesso de peso.

Deixe um comentário