desporto-inverno-revista-minha
Treino

Desporto no inverno? O frio não é desculpa!

Sim, sabemos que ainda não estamos no inverno, mas o frio já chegou e parece ter vindo para ficar. A preguiça instala-se e a vontade de ficar junto à lareira é superior à de treinar. Só em inícios de janeiro, carregados de resoluções, é que parecemos ganhar nova vontade de pôr o corpo a mexer. Mas a verdade é que o frio não tem de ser desculpa! Em novembro damos-lhe boas razões para espantar a preguiça.

Mais calorias?

Há estudos que defendem uma maior perda de calorias se correr no tempo frio. O corpo faz um esforço maior para se manter quente, aumentando a sensação de calor. Estas mudanças causadas pelo frio acabam por potenciar os efeitos do exercício no organismo! De qualquer forma, sempre gasta mais calorias do que sentado no sofá, certo?

Mais energia?

Uma lareira, uma manta fofinha, um chá quente… Quanta preguiça e que bem sabe! E depois para nos levantarmos? Todos já experimentamos esta sensação: quanto mais “preguiçamos”, parece que menos energia temos. Praticar exercício vai despertá-lo, restituir a energia em falta e fazê-lo “deitar mãos à obra”!

inverno-revista-minha-desporto

Menos dores?

Há quem sofra muito com dores nas articulações. Quando o frio se instala, parece que as dores aumentam. Se praticar exercício ao longo de todo o ano, não descurando o inverno, vai fortalecer os músculos, prevenindo dores nas articulações.

Mais alegria?

O inverno pode ser mais tristonho para uns do que para outros. O tempo frio, o céu cinzento e a chuva logo pela manhã tiram-nos a vontade de sair da cama. Mas, se fizer um esforço e praticar exercício físico, irá aumentar a produção de endorfinas, o que irá levar a um maior bem estar. Acredite em nós, é possível ser tão feliz no inverno quanto no verão!

Dicas

1. Hidratação: tal como no tempo quente, beba muita água antes, durante e depois do exercício. Apesar de estar mais frio, não deixa de transpirar e perder líquidos.

2. Extremidades: as extremidades do nosso corpo são os locais por onde perdemos mais calor. Assim sendo, não se esqueça das luvas, gorro e até protetor de orelhas!

3. Camadas: vista-se em camadas de forma a poder adequar as peças de roupa à temperatura que experimenta. A primeira camada deve ajudar a evitar a humidade no corpo, a segunda deve cumprir a função de o aquecer e a última deve ter em conta condições atmosféricas como o vento. Não se esqueça do calçado impermeável!

4. Protetor: as queimaduras solares também acontecem no inverno, por isso não dê dispensa ao protetor com SPF 30 ou superior em todas as partes de pele exposta. Não se esqueça dos lábios e aposte num bom bálsamo.

5. Aquecimento: faça calor, faça frio, nunca deve esquecer o aquecimento. Esta fase de preparação irá aquecer ativamente o corpo, melhorando a elasticidade dos tecidos.

 

 

Deixar comentário