Opinião

Como economizar nas férias “cá dentro”

Porque é sempre bom passarmos uns bons momentos em família, porque não começar a pensar nas férias, com segurança, e alguma preparação, para tudo correr da melhor forma?

Sim, sem dúvida que este ano devemos passar as nossas férias cá dentro. Portugal tem tanto para ver e é tão bonito que grande parte de nós não conhece todas as maravilhas que o país tem para oferecer.

As nossas finanças pessoais também devem ter em consideração a gestão orçamental e planeamento de férias, de forma a podermos descansar e poupar ao mesmo tempo.

Aqui estão algumas boas opções para poder preparar as estadias este ano e, quem sabe, se bem planeadas e com a devida antecedência, poder conseguir uma poupança de valores interessantes, muito úteis para quem vai de férias.

As dicas que proponho a seguir servem para economizar e ter umas férias descansadas:

 

1. Em primeiro lugar e muito importante: devemos juntar dinheiro para ir de férias e não utilizar os Bancos como forma de pedir crédito com a finalidade das férias. E porquê? Muito simples! Devemos ir de férias e aproveitar ao máximo! 

É fundamental amealhar dinheiro com este objetivo, porque a motivação para o concretizar acaba por ajudar muito!

Caso seja pedido um crédito ao Banco com esta finalidade, estará a pagar juros, prestações, comissões e, quando regressar, o que se pretende é que já esteja a pensar nas novas férias e não ficar com mais preocupações e responsabilidades.

2. Escolher a viagem dentro do orçamento disponível, de acordo com o agregado familiar e até onde puder gastar é fundamental! Como sabemos, quando viajamos em família temos que multiplicar os gastos por 3 ou 4 vezes e é importante economizar nas pequenas coisas para podermos usufruir de umas fantásticas férias em família. Faça uma lista de tudo o que prevê precisar e para quanto tempo. Desta forma vai conseguir ter um guião que a vai ajudar na hora de economizar!

3. Comprar a estadia com o máximo de antecedência possível, dado que mesmo cá dentro é mais fácil conseguir reserva. Pense se compensa Hotel, Casa ou Aparthotel. Esta escolha pode implicar uma poupança significativa. 

4. Evitar ao máximo comprar a estadia com o cartão de crédito, a não ser que pretenda usufruir dos seguros associados, o que em Portugal não se justifica muito. Mais uma vez, pode estar a pagar juros caso não liquide o pagamento do valor total e não é esse o objetivo. 

5. Opte por levar sempre algum dinheiro consigo para imprevistos, mas sempre em pouca quantidade, de forma a também não incentivar custos acrescidos.

6. Sempre que possível compre as estadias online,em sites seguros, onde possa comparar preços e condições, porque consegue preços muito interessantes se comprados com o devido tempo. Ao mesmo tempo fazer comparações analisando o que mais se identifica consigo, de acordo com a viagem que pretende fazer (exemplo: Booking).

7. Leve roupas práticas e confortáveis e evite gastar dinheiro em roupa de propósito para ir de férias, porque acaba sempre por fugir do orçamento. 

 

E não se esqueça….Descanse e poupe enquanto passa bons momentos em família, com a devida segurança que nos é imposta este ano, para bem de todos! 

 

Acompanhe todas as novidades em: 

Instagram: http://www.instagram.com/carina.meireles.consultora/
Facebook: https://www.facebook.com/carinameirelesconsultorafinanceira/
Linkedin: https://www.linkedin.com/company/cm-consultoria-financeira

Deixar comentário