Poupanças

Como poupar no regresso às aulas

As crianças ainda estão de férias, mas não tarda nada estão de regresso às aulas. Ainda que com a devida segurança, é sempre motivo de alegria encontrar os colegas e amigos de que tantas saudades tinham.

Com a chegada das aulas, é sempre importante ter tudo muito bem organizado, porque com as crianças – e, sobretudo, se for mais do que uma – quanto melhor for o planeamento, mais fácil é a gestão e sem dúvida que é possível poupar dinheiro.

Para isso aqui ficam algumas dicas:

1. Comparar sempre primeiro

Pode sempre comparar preços antes de comprar, por exemplo, o material escolar como mochilas, estojos, etc., através das grandes superfícies. Analise sempre os preços online antes de decidir e não vá às compras sem ter esta análise feita. E, claro, leve uma lista de tudo o que vai precisar verdadeiramente para não ter gastos desnecessários. Desta forma vai poupar dinheiro e tempo!

2. Comprar o material em segunda mão. Porque não?

Experimente o material em segunda mão! Desta forma vai poupar um valor considerável, porque o material escolar é sempre uma fatia representativa, para além dos manuais escolares, na carteira de muitas famílias. Pode, por exemplo, utilizar material de amigos ou família com filhos e que possam dispensar. E porque não comprar livros em segunda mão? Sim, financeiramente é uma grande ajuda, dado os elevados custos associados. Será que valerá a pena o investimento em livros novos? Deve pensar bem, porque no ano seguinte já não são os mesmos.

3. Pedir sempre fatura

Na compra do material escolar deve ser critério obrigatório pedir fatura com o contribuinte da criança, de forma a minimizar, ou até mesmo evitar problemas quando for preencher o IRS. Isso fará com que tenha a certeza plena de que são deduzidas corretamente.

Uma dica adicional: se comprar nas grandes superfícies, deve pedir fatura à parte das restantes compras que fizer, para separar das compras habituais e ficar registado no IRS corretamente.

4. Listar as despesas

Se já tivermos a lista do que vamos verdadeiramente precisar, conseguimos perceber se a despesa que se avizinha é grande. Dessa forma podemos organizar as nossas finanças para não ultrapassarmos o orçamento previsto para o regresso às aulas. Para evitar surpresas, não deve deixar as compras para a última hora, para não acumular todas as despesas, o que aumenta o orçamento e diminui a capacidade de gestão do que deve gastar. O mais correto é distribuir as despesas no tempo e ir fazendo compras, devidamente listadas, sem ficar com tudo num só mês. Aproveite já este mês de agosto para começar a tratar disso. As promoções estão à porta!

E não se esqueça de que é importante ajudar o seu filho a reutilizar material. Como? Simples! Grande parte do material escolar não dura mais do que um ano e se incentivar as crianças a preservar ao máximo esse material, poderá, de certeza, durar mais tempo.

O que custa é começar e, mesmo com o regresso às aulas, se conseguirmos planear os nossos custos, comparar, ajustar e orçamentar, vamos com certeza conseguir poupar neste ano atípico, que também ele requer organização para que a entrada no novo ano letivo seja feita com a devida segurança e alguma poupança à mistura.

Acompanhe todas as novidades em: 

Instagram: http://www.instagram.com/carina.meireles.consultora/
Facebook: https://www.facebook.com/carinameirelesconsultorafinanceira/
Linkedin: https://www.linkedin.com/company/cm-consultoria-financeira

Deixar comentário