calçado feminino com números especiais
Notícias

Oytto: calçado com tamanhos especiais desfila em Guimarães

A marca OYTTO dá a conhecer, no sábado, às 17h00, no Instituto de Design de Guimarães, calçado feminino com tamanhos especiais. Os sapatos têm números inferiores a 35 e superiores ao 40.

Para além de dar resposta a quem procura um sapato casual, com medidas difíceis de encontrar na maioria das sapatarias, a OYTTO pretende “ajudar todas as mulheres a sentirem-se bonitas e sofisticadas”.

No desfile, subordinado ao tema “Real Women, Real Stories”, vão subir ao palco mulheres minhotas que não são conhecidas do grande público. Nas palavras da criadora da marca, Filipa Cunha, têm, no entanto, “uma história para contar, de coragem e determinação”.

O nome OYTTO simboliza o número oito que pauta a história de vida da sua fundadora, já que Filipa e o seu marido se conheceram, começaram a namorar e casaram-se no dia 8.

“Os modelos são feitos à medida do cliente. Apresentamos propostas irreverentes, femininas, sensuais e elegantes, que combinam cores, texturas e padrões distintos. Apesar do enfoque ser nos tamanhos “especiais”, também há o formato para o pé comum. Para além da preocupação com o conforto, pela inclusão da palmilha de espuma de memória, a marca prima pela qualidade dos materiais e dos acabamentos na construção do calçado, num sapato de gama média e média/alta”, refere Filipa na página de Facebook da marca.

Preocupações sociais como as mulheres e homens vítimas de violência, a fome, as dificuldades e as pressões do dia a dia, tanto em casa, como em ambiente profissional, são as fontes de inspiração de uma marca “que pretende vingar no panorama do calçado nacional, para depois dar passos também a nível internacional”.

A criadora, que calça o número 41, sabe melhor do que ninguém as dificuldades em encontrar calçado para quem não tem o pé “comum”. A medalhada atleta Duce Félix vai pisar a passerelle, como embaixadora da marca de calçado feminino com tamanhos especiais.

O site da OYTTO está disponível aqui.

Deixe um comentário