Ler

Fernando Pessoa

Fernando Pessoa nasceu a 13 de junho de 1888 em Lisboa, onde passou a maior parte da sua vida. Veio ao mundo em Dia de Santo António, razão do seu segundo nome. Com sete anos partiu para a África do Sul com a mãe e o padrasto, depois de o pai ter morrido vítima de tuberculose. Não seria a única perda para Pessoa, que viu dois dos seus irmãos morrerem ainda bebés. Em 1905 regressou definitivamente a Portugal, tendo vivido sempre com família ou quartos alugados. Chegou a matricular-se no Curso Superior de Letras, mas abandonou-o. Colaborou com diversas publicações e marcou de forma incontornável o modernismo português. Morreu como anónimo, mas hoje em dia os seus heterónimos e poemas são famosos em todo o mundo. O “Livro do Desassossego” e a “Mensagem” são duas das suas obras mais conhecidas, mas o poeta multifacetado escreveu muitos outros textos que foram publicados postumamente.

 

Aconselhamos a leitura




Quadras ao gosto popular

Um pequeno envelope verde, com o rótulo “Quadras”, estava esquecido na famosa arca de Fernando Pessoa. As sessenta folhas manuscritas, que continham uma parte caligráfica mas pouco legível, ganharam vida e assim nasceram “As quadras populares” e os “Poemas a Lili”.

Páginas: 128


Deixar comentário